Metade dos trabalhadores brasileiros podem ser substituídos por máquinas: consultoria IDados na GloboNews

Cerca de 52 milhões de postos de trabalho poderão deixar de existir nos próximos anos.

489
trabalhadores brasileiros serão substituídos por máquinas

O jornal “Em pauta”, da GloboNews, veiculou uma reportagem que tem como base um levantamento realizado pelos pesquisadores Paulo Oliveira e Bruno Ottoni, respectivamente diretor da consultoria IDados e o pesquisador-líder da área de mercado de trabalho.

O estudo, que teve como fonte dados disponibilizados pelo IBGE, aponta que aproximadamente 58% de postos de trabalho formais e informais serão ocupados por máquinas em um futuro próximo.

Leia também: mais trabalhadores qualificados estão ganhando um salário mínimo ou menos

Os pesquisadores identificaram que as profissões com maior risco de serem automatizadas nas próximas duas décadas são: condutores/motoristas (98%), cobradores (95%), pesquisadores (94%), balconistas (93%) e garçons (90%).

Em contraponto, as profissões identificadas como menos ameaçadas são: gerentes de hotéis (0,4%), psicólogos (0,7%), engenheiros químicos (1,7%), advogados/juristas (3,5%) e veterinários (3,8%).

Confira a reportagem na íntegra aqui.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui