As várias faces da mesma crise: IDados no jornal O Globo

A geração de vagas é gradual e está sendo alavancada pela informalidade.

532
crise

Um levantamento realizado pelo pesquisador Bruno Ottoni, da consultoria IDados, foi pauta para uma matéria publicada pela colunista Míriam Leitão, do jornal O Globo, no sábado, dia 28 de setembro.

Com base em dados divulgados pelo IBGE, o estudo revela que a recuperação do mercado de trabalho ainda é bastante lenta, e apesar do aumento da criação de vagas de trabalho registrado em agosto, cerca de 58 milhões de brasileiros ainda são afetados pela desestruturação do mercado de trabalho.

Leia também: EFEITOS DA CRISE SOBRE A DISTRIBUIÇÃO DE RENDA DO TRABALHO

O estudo também revela que ”há recorde da informalidade, e o rendimento médio do informal está abaixo do formal. O mercado de trabalho responde sempre por último, e o fato é que a economia como um todo ainda está em um processo muito lento de recuperação”.

Leia a matéria na íntegra abaixo ou  aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui