IDados na CNN: Informalidade volta a crescer e ajuda a derrubar renda no país

196

Um levantamento da consultoria IDados, que foi pauta no jornal da CNN Brasil, projeta a criação de 1,2 milhão de postos de trabalho em 2022. Desse total, 700 mil deles de trabalhadores informais.

Segundo o pesquisador Bruno Ottoni, responsável pelo levantamento, a informalidade seguirá crescendo no país:

“A expectativa é de não ter um crescimento do PIB muito expressivo. Quando o PIB não cresce muito, não tem grande queda do desemprego. Nesse quadro, costuma crescer a informalidade. Como as pessoas precisam trabalhar, elas acabam fazendo o que dá”, afirmou.

O especialista também aponta que o cenário de incertezas gerado pela guerra na Ucrânia inibe contratações, já que o empregador teme criar uma vaga formal, com a possibilidade de fechá-la brevemente e ter que pagar encargos trabalhistas.

Assista a reportagem completa aqui.

Confira também a reportagem em texto aqui ou abaixo:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui