IDados na Folha: Recuo do desemprego é acompanhado por vagas com salários menores

59
Recuo do desemprego

Em 2020, o setor de serviços foi o mais prejudicado pela crise no mercado de trabalho. No ano passado, atividades que pertencem a esse segmento tiveram queda tanto na ocupação quanto no rendimento médio. É o que mostra um levantamento da consultoria IDados que foi citado no jornal Folha de S. Paulo.

Leia também: Recuperação do setor de Serviços impulsionará queda do desemprego no final de 2021

O estudo destaca ainda que, combinados, esses resultados indicam que o setor de serviços sofreu duplamente com a crise (em 2020), com a diminuição do emprego e dos rendimentos dos trabalhadores que conseguiram se manter empregados. Em outros setores, como a indústria e o comércio, embora a ocupação tenha caído, os rendimentos subiram com a crise (no ano passado).

A matéria pode ser lida aqui ou abaixo:

Recuo do desemprego

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui