IDados no Valor: Pandemia eleva fatia de jovens “nem-nem”

36
Pandemia eleva fatia de jovens nem-nem

Um levantamento realizado pela pesquisadora Thais Barcellos, da Consultoria IDados, foi citado em uma reportagem veiculada pelo jornal Valor Econômico.

A matéria, assinada pela jornalista Ana Conceição, destaca que a população entre 15 e 29 anos sem estudar e sem trabalhar atingiu a maior marca em 8 anos.

O levantamento, feito com bases em dados da Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), aponta que ao longo de 2020, a proporção dos chamados  “nem-nem” chegou a quase 30% diante das dificuldades ocasionadas pela pandemia, que fechou postos de trabalho e dificultou o acesso de jovens à escola.

“Houve um aumento de frequência nas escolaridades mais altas em 2002. Pode ser que o jovem esteja tentando se qualificar melhor para mitigar os efeitos negativos de ficar fora do mercado de trabalho por muito tempo”, afirma a pesquisadora.

Leia a matéria completa abaixo ou aqui.

Pandemia eleva fatia de jovens nem-nem

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.