IDados na Folha de S. Paulo: setor público concentra maior parte dos que têm ensino superior

A reportagem destaca que os números revelam uma realidade difícil para as empresas privadas, que têm dificuldade de competir com governos municipais, estaduais e federal na atração de talentos.

744
crise

Um levantamento realizado pela pesquisadora Mariana Leite, da consultoria IDados, foi pauta para uma matéria no jornal “Folha de S. Paulo” nesse domingo, 15 de março. De acordo com os dados, a concentração de mão de obra qualificada no setor público brasileiro é mais que o triplo da verificada em empresas privadas no país.

A reportagem destaca que os números revelam uma realidade difícil para as empresas privadas, que têm dificuldade de competir com governos municipais, estaduais e federal na atração de talentos. Segundo Bruno Ottoni, economista e chefe do departamento de mercado de trabalho da consultoria IDados, as causas para essa desigualdade entre os setores são várias, como progressão garantida, altos salários iniciais e estabilidade.

Ainda segundo Ottoni, existem saídas para melhorar essa disparidade: “Outros países resolvem isso não pagando salários tão mais vantajosos para o funcionalismo ou tendo critérios mais rigorosos em relação à estabilidade”, explica.

Leia a matéria completa abaixo ou nesse link.

mão de obra qualificada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui