IDados no Estado de S. Paulo: Mercado de trabalho travado

201
Mercado de trabalho travado

Cerca de 5,7 milhões de pessoas ainda não voltaram à PEA, a população economicamente ativa (empregados mais desempregados), em relação ao nível pré-pandemia. O pesquisador da consultoria IDados, Bruno Ottoni, foi fonte sobre o tema para a coluna do Fernando Dantas, no jornal O Estado de S. Paulo.

Leia também: Crise da pandemia ainda mantém 6,1 milhões de trabalhadores fora da força de trabalho

O especialista aponta que essa diferença em relação à PEA pré-pandemia pode ser até maior, porque a PIA (população em idade ativa), ainda está crescendo. “Tem muita gente para voltar ainda, o que distorce a visão do mercado de trabalho brasileiro quando a gente olha para o desemprego [que exclui os que não estão procurando emprego]”, afirma Ottoni.

A grande questão, de acordo com o colunista, é saber se e como essas pessoas se empregarão quando voltarem a buscar ocupação quando a pandemia arrefecer.

Confira o texto completo aqui ou abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui