IDados no Valor Econômico: o desempenho das escolas particulares no Pisa 2018

Nota das instituições privadas aumenta e ajuda a segurar a média brasileira.

451
escolas particulares no Pisa 2018

A pedido do jornal Valor Econômico, a consultoria IDados realizou um levantamento para avaliar o desempenho das escolas particulares no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, Pisa 2018.

Leia também: BRASIL VAI MAL NO PISA

O levantamento apontou que as escolas privadas apresentaram um desempenho melhor na última edição do Pisa, fato que contribuiu para que a média do Brasil permanecesse estável. Entre 2015 e 2018, a pontuação das instituições privadas subiu de 461 para 476 em matemática; de 492 para 513 em leitura e de 486 para 498 em ciências. Por outro lado, nas escolas públicas as notas caíram levemente nas três áreas analisadas.

Apesar do aumento das notas dos estudantes egressos de instituições particulares, o desempenho destes alunos ainda é próximo à média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os resultados evidenciam a distância da elite educacional brasileira em comparação com a de outros países.

Leia a matéria completa abaixo ou aqui.

Idados valor econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui