A questão demográfica e o futuro das capitais

85
idosos no mercado de trabalho

O Brasil está envelhecendo rapidamente. Isso tem implicações nas decisões sobre alocação de recursos cada vez mais escassos. Como aumentar o investimento na Primeira Infância ao mesmo tempo em que mais recursos serão necessários para os idosos? Este post, ao abordar o crescimento das populações de crianças e idosos, mostra que essa é uma questão que já chegou para muitas capitais do país e deveria ser tratada ao longo das eleições municipais deste ano.

A figura abaixo usa dados do 3º trimestre da PNAD Contínua de 2012 (dados mais antigos disponíveis) e 2019. Para cada capital, foi calculada a razão entre 2012 e 2019 para a população de crianças de 0 a 5 anos e para a de idosos com 65 anos ou mais. Tanto para variação de crianças quanto para de idosos, se o número para uma capital é maior que 1, a população aumentou de 2012 a 2019. Se for menor que 1, a população diminuiu.

Começando pela população de crianças, observa-se que nove capitais – como Belo Horizonte, Cuiabá e Teresina – tiveram aumento do número de crianças. O caso extremo é o de Boa Vista, com mais de 26% de aumento, fato provavelmente relacionado ao fluxo migratório de venezuelanos. A maioria das capitais, no entanto, apresentou redução no número de crianças. Maceió, com redução de mais de 33%, foi a capital com maior diminuição do número de crianças no período.

Já no caso dos idosos, não há dúvidas: todas as capitais tiveram um aumento no número de residentes com 65 anos ou mais. O aumento varia de 14% em Vitória a 89% em Palmas. Vale lembrar que o período analisado é de apenas sete anos.

Na eleição deste ano, o(a) candidato(a) que imaginar que o problema do envelhecimento populacional não irá perturbá-lo(a) em seu possível mandato estará cometendo um erro. Tratar a saúde do idoso é mais caro do que educar uma criança, e os recursos para todas as áreas (educação, saúde, segurança etc.) saem do mesmo bolso.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.