Consultoria IDados na Folha de S. Paulo: programa de renda mínima durante coronavírus

De acordo com o texto, uma saída seria “criar um cadastro simplificado, a ser preenchido online pelas famílias, com auto declaração da renda”.

497

O pesquisador Bruno Ottoni, da consultoria IDados, publicou um artigo no jornal Folha de S. Paulo onde explica a importância de um programa de renda mínima para deter o empobrecimento na crise do coronavírus. O artigo escrito com Vitor Pereira, professor da ENAP, destaca que é preciso buscar uma nova forma para cadastrar as famílias que vão receber os benefícios.

De acordo com o texto, uma saída seria “criar um cadastro simplificado, a ser preenchido online pelas famílias, com auto declaração da renda”. Dessa forma, “as famílias seriam então incluídas na base do CadUnico, e acessariam os benefícios assistenciais da forma usual”, explica os autores.

O artigo explica que o programa deve focar nos mais vulneráveis, excluindo os aposentados, os beneficiários do BPC e os trabalhadores com carteira. Por fim, os autores entendem que o Brasil tem condições de sair dessa crise: “Nós temos condições, econômicas e tecnológicas de prover uma renda mínima às pessoas durante a crise. Não podemos nos dar ao luxo de não usá-las. Precisamos agir imediatamente. Para ontem”.

Leia o artigo na íntegra clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui