E agora, presidente Trump?

324

Numa democracia a alternância de poder não só é um fato normal como também muito saudável, na democracia mais longeva do mundo moderno algo que já se repetiu inúmeras vezes desta vez é muito único. Ninguém sabe de antemão o que esperar do presidente Trump, independentemente de suas promessas, considerando-se tanta ambiguidade na sua retórica. Afinal de contas, o que motivou Trump a ser eleito?

Talvez uma boa explicação tenha sido o mercado de trabalho americano que apesar de ter melhorado em alguns quesitos não necessariamente está melhor em termos gerais e, mais importante, não necessariamente está melhor para todos. Seguem abaixo alguns gráficos selecionados sobre o mercado de trabalho americano de 2007 a 2016 *.

grafico-1

grafico-2

grafico-3

grafico-4

FONTE: Setor de estatística do Departamento do Trabalho (Bureau of Labor Statistics)

Passando os olhos pelos gráficos percebemos que os dados em geral parecem bons: os números de horas trabalhadas e de desemprego estão parecidos com os de antes da crise, os salários a preços constantes subiram e o único gráfico que aponta para algo preocupante é o que mostra a queda da participação de adultos na força de trabalho. Será que ele sozinho explicaria o fenômeno Trump? Dificilmente.

Porém, fornece uma pista! Talvez uma quantidade crescente de pessoas simplesmente desistiu de trabalhar por perceber que o mercado de trabalho não estava bom para elas. Além disso,  precisamos mencionar que tanto os salários e horas trabalhados apresentados são médias e não necessariamente podemos intuir que esses resultados valem para todos nem ao menos para a maioria dos trabalhadores americanos.

Que conclusão podemos chegar, então? Talvez a de que não basta apresentar os dados, precisamos saber interpretá-los, reconhecer suas limitações mas também suas virtudes.

Num mundo cada vez mais incerto usar a informação de forma cuidadosa e impactante é cada vez mais importante, afinal de contas quem pode imaginar como reagirá a economia nos anos porvir?

*Séries dessazonalizadas. Os valores para outubro e novembro de 2016 são estimados.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]]]>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui