IDados no G1: Auxílio Emergencial aumentou número de bancarizados

108
auxílio emergencial

Em meio à crise da covid-19, o Brasil alavancou o número de bancarizados. No entanto, com a perda de renda da população nesta crise, os números não representam um avanço real em inclusão financeira. É o que aponta uma reportagem veiculada no G1, que teve como fonte um levantamento da consultoria IDados.

Leia também: Desemprego ainda deve estar acima do nível pré-pandemia no final de 2022

De janeiro de 2020 a junho de 2021, 38 milhões de brasileiros abriram a primeira conta bancária, impulsionados pelo pagamento do Auxílio Emergencial, lançamento do PIX e crescimento das fintechs.

Entretanto, a renda do trabalhador é a menor desde 2017. Por isso, apesar do aumento no número de pessoas que abriram conta em bancos, aumentou também o número de pessoas que não movimentam a conta a cada mês.

Confira a matéria completa aqui ou abaixo:

auxílio emergencial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui