IDados no jornal O Globo: fim do benefício dificulta a busca por uma vaga de emprego

517
auxílio emergencial

O pesquisador Bruno Ottoni, da consultoria IDados, foi fonte para uma reportagem sobre a relação entre o fim do auxílio emergencial e a dificuldade dos desempregados se recolocarem no mercado de trabalho. A reportagem, assinada por Letycia Cardoso e Raphaela Ribas, foi veiculada ontem, dia 7 de fevereiro, no jornal O Globo.

Leia também: Mudanças dos indicadores de mercado de trabalho dentre os beneficiários do auxílio emergencial do Governo Federal

O especialista afirmou que muitas vezes o primeiro trabalho de jovens é informal. Na crise, eles são os primeiros a serem dispensados e ficam com dificuldades de retornar ao mercado por falta de experiência comprovada. “No auge da pandemia, no segundo trimestre de 2020, o nível de ocupação daqueles com menos de 25 anos encolheu 20,6% contra o mesmo período de 2019, o que compromete investimentos em educação”, disse.

“Empresas preferem pessoas com mais experiência. Como o jovem não tem, não é contratado e, por consequência, não consegue acumular experiência. Isso prejudica a produtividade dele, porque há conhecimentos que só se adquire na prática”, diz Ottoni.

Confira a reportagem completa abaixo ou aqui.

auxílio emergencial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui