IDados no jornal O Globo: fim do benefício dificulta a busca por uma vaga de emprego

98
auxílio emergencial

O pesquisador Bruno Ottoni, da consultoria IDados, foi fonte para uma reportagem sobre a relação entre o fim do auxílio emergencial e a dificuldade dos desempregados se recolocarem no mercado de trabalho. A reportagem, assinada por Letycia Cardoso e Raphaela Ribas, foi veiculada ontem, dia 7 de fevereiro, no jornal O Globo.

Leia também: Mudanças dos indicadores de mercado de trabalho dentre os beneficiários do auxílio emergencial do Governo Federal

O especialista afirmou que muitas vezes o primeiro trabalho de jovens é informal. Na crise, eles são os primeiros a serem dispensados e ficam com dificuldades de retornar ao mercado por falta de experiência comprovada. “No auge da pandemia, no segundo trimestre de 2020, o nível de ocupação daqueles com menos de 25 anos encolheu 20,6% contra o mesmo período de 2019, o que compromete investimentos em educação”, disse.

“Empresas preferem pessoas com mais experiência. Como o jovem não tem, não é contratado e, por consequência, não consegue acumular experiência. Isso prejudica a produtividade dele, porque há conhecimentos que só se adquire na prática”, diz Ottoni.

Confira a reportagem completa abaixo ou aqui.

auxílio emergencial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.