Municípios com crescimento consistente na Prova Brasil têm melhores condições socioeconômicas?

480
prova brasil - estudantes

Em um post anterior, analisamos algumas características dos municípios que tiveram um crescimento consistente na Prova Brasil (PB) desde 2007. Neste post, analisamos se o nível socioeconômico (NSE) desses municípios é um dos fatores que facilitou esse crescimento.

Como dito no post anterior, os municípios denominados consistentes são os que apresentaram crescimento contínuo de 2007 a 2019 na Prova Brasil. Nos Anos Iniciais, eles partiram de um nível de desempenho e gasto por aluno semelhante aos demais municípios. Nos Anos Finais, partiram de um nível de desempenho e gasto por aluno pior. Mas em ambos os casos alcançaram em 2017 uma média de 10 pontos a mais na Prova Brasil sem ultrapassar a média de gastos por aluno. Vale lembrar que 13 pontos equivalem a aproximadamente um ano escolar.

A tabela abaixo mostra, para cada etapa de ensino, a distribuição dos municípios – consistentes e não consistentes de acordo com o NSE em 2007 (que varia de 2,8 a 6,9, sendo que valores maiores indicam melhor NSE). Ela é utilizada para analisar se municípios com crescimento consistente tinham NSE maior no início da série histórica. Em tese, municípios que começam com condições socioeconômicas melhores do que os demais teriam mais condições de melhorar seu desempenho.

Em média, os municípios consistentes na Prova Brasil tinham, nos Anos Iniciais, um NSE melhor (4,95 ante 4,73 dos demais), enquanto nos Anos Finais, o NSE era pior (4,61 ante 4,75 dos demais). Porém, mesmo nos Anos Iniciais, os municípios consistentes não estão todos concentrados nos grupos mais altos de NSE: somente 48% estavam acima do nível 5 ante 37% dos não consistentes. Nos Anos Finais, enquanto 30% dos consistentes figuravam nos grupos mais altos, os não consistentes eram 39%.

Portanto, os municípios que obtiveram crescimento em todas as edições da PB não começaram majoritariamente com melhores condições socioeconômicas iniciais, e o padrão que se vê é um pouco diferente dos Anos Iniciais para os Anos Finais. No segundo caso, apesar de consistentes, esses municípios tinham, em média, piores condições socioeconômicas iniciais. Assim, os dados sugerem que as condições socioeconômicas iniciais não necessariamente determinam a trajetória futura, permitindo comparações entre os municípios consistentes e não consistentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui