Municípios mais ou menos desenvolvidos tiveram desempenhos diferentes na Prova Brasil entre 2009 e 2019?

Levantamento identificou que municípios menos desenvolvidos melhoraram tanto quanto os mais desenvolvidos na Prova Brasil.

85
prova brasil

Este post usa os dados da Prova Brasil de 2019 para analisar a evolução do desempenho escolar dos munícipios na década 2009-2019 de acordo com o seu nível de desenvolvimento, medido pelo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M).

A Organização das Nações Unidas (ONU) classifica o IDH em quatro grupos diferentes: IDH Baixo (menor que 0,550), Médio (0,550–0,699), Alto (0,700–0,799) e Muito Alto (maior que 0,800). Assim, pode-se classificar os municípios brasileiros dentre estes quatro grupos de acordo com seus respectivos IDH-M’s. Considerando a amostra de municípios entre 2009-2019, 6,4% deles tinham um IDH Baixo, 58,8% tinham um IDH Médio, 33,9% tinham um IDH Alto e 0,9% tinham um IDH Muito Alto.

A Figura 1 reporta a evolução das médias das notas de matemática nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da Rede Pública para cada um destes quatros grupos na década 2009-2019.

Como pode ser observado na Figura 1, a nota média dos munícipios de IDH Baixo aumentou de 178 para 198 pontos, ou seja, 20 pontos. Os munícipios de IDH Médio aumentaram a média em cerca de 22 pontos, de 194 para 216. Finalmente, os municípios de IDH Alto e Muito Alto apresentaram médias iguais (dado de certa forma surpreendente), e ambos variaram de 219 para 240 pontos, ou seja, 21 pontos. Tal proximidade pode ter a ver com o pequeno número de municípios com IDH Muito Alto.

O relatório da Prova Brasil 2019 da consultoria IDados, o qual pode ser consultado aqui, mostrou casos pontuais de um recente aumento relativo no desempenho de municípios com IDH Baixo e Médio. No entanto, a Figura 1 mostra um crescimento equivalente entre municípios de diferentes grupos de IDH. Em outras palavras, conforme apresentado no Relatório, houve, de fato, alguns casos pontuais de aumento no desempenho, mas tal fenômeno não reflete a média das notas.

Em suma, pode-se concluir que municípios menos desenvolvidos melhoraram tanto quanto os mais desenvolvidos na Prova Brasil. Cabe lembrar que para haver redução da desigualdade de desempenho escolar entre eles, os menos desenvolvidos deveriam ter um crescimento de desempenho maior do que os mais desenvolvidos, e isso não vem ocorrendo.

Figura 1 – Evolução do desempenho em matemática na Prova Brasil por nível de desenvolvimento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.