Treineiros X concluintes do Ensino Médio: quem se sai melhor no Enem e tem maior renda familiar

535
concluintes do Ensino Médio

Este post compara os resultados no Enem dos chamados treineiros e dos estudantes que realizam a prova na condição de concluintes do Ensino Médio. Também analisa a renda familiar dos dois grupos. Cabe lembrar que o Enem é o principal meio de acesso ao Ensino Superior, sendo utilizado também para algumas formas de financiamento como o Fies e ProUni.

Em 2019, dos cerca de 5 milhões de estudantes que fizeram o Enem, 1,4 milhão estavam concluindo o Ensino Médio e 616 mil apenas treinando. Na Figura 1 estão as médias das notas nas provas de Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Linguagens e Códigos dos dois grupos. Em todas as áreas, os treineiros vão ligeiramente melhor do que os concluintes. Resultado em princípio contraintuitivo, uma vez que os treineiros não concluíram o Ensino Médio.

Porém, os treineiros tendem a ter melhores condições socioeconômicas. A Figura 2 divide os concluintes e treineiros em onze categorias de renda familiar. Observa-se que os treineiros estão mais concentrados em faixas de renda maiores. Enquanto 8% dos concluintes têm renda familiar acima de R$ 6.986,00, no caso dos treineiros são 17%. Ao comparar a cor, também há diferenças: os treineiros têm um percentual maior de brancos (47%) do que os concluintes (38%).

Portanto, apesar de estarem cursando séries mais baixas, os treineiros chegam mais “treinados” para o Enem do que seus concorrentes, e isso provavelmente está relacionado ao fato de apresentarem melhores condições socioeconômicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui