Desigualdades no Ensino Superior

Uma das preocupações relacionadas à pandemia de covid-19 é que as disparidades educacionais já existentes aumentem ainda mais, principalmente no ensino médio e fundamental. Porém, no ensino superior esse gargalo ainda persiste e pode ser agravado pelas diferenças entre os ensinos presencial e à distância (EAD). Esse post analisa a relação entre a renda familiar dos estudantes e as diferenças dos cursos presencial e EAD, com base nas notas das últimas três edições (1) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Na Figura 1, estão as notas médias no Enade por faixa de renda total da família em salários mínimos (2), dividindo-se por curso presencial ou EAD. É possível observar que existe uma tendência de aumento da nota média no Enade à medida em que se passa para faixas de renda maiores. Dos alunos com renda familiar de até um salário mínimo, a média no Enade foi 41 pontos para quem fez o curso presencial e de 36 pontos para quem fez EUA. Já para os alunos com renda familiar acima de 30 salários mínimos, as notas médias sobem para um patamar de 50 pontos.

Além disso, existe uma diferença de desempenho entre os cursos presenciais e à distância, que tende a ser maior entre os mais pobres. Nos alunos com renda familiar de até um salário mínimo, a distância entre as duas modalidades de ensino é, em média, de 5 pontos, com vantagem para os alunos dos cursos presenciais. Porém, à medida que se aumenta a faixa de renda, essa diferença diminui até a média das duas modalidades se igualarem.

Apesar de outros fatores influenciarem essa desigualdade, a evidência sugere que fazer um curso presencial seria melhor para os mais pobres. No entanto, a pandemia deve potencializar tanto a oferta quanto a demanda do ensino remoto, modalidade que já vinha crescendo no ensino superior via EAD. As autoridades competentes devem estar atentas à qualidade da educação em meio a essa expansão.

 

1 Utilizou-se os últimos três anos do teste (2016,2017,2018), para abarcar o ciclo avaliativo completo do Enade, e ter disponível os cursos em todas as áreas de conhecimento. 2 Para o cálculo das notas médias foi necessário: Primeiro selecionar as áreas com quantidade de alunos representativa nas duas modalidades; segundo calcular a média das notas para cada área por modalidade de ensino e faixa de renda; e terceiro calcular a nota média dessas áreas por modalidade de ensino e faixa de renda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.