Início Principal Mercado de Trabalho Mais da metade dos trabalhadores ocupados do Nordeste ganham até um salário...

Mais da metade dos trabalhadores ocupados do Nordeste ganham até um salário mínimo por mês

Conforme reportagem do portal G1 realizada com base em levantamento da consultoria IDados, as estatísticas mais recentes da PNAD Contínua revelam que o número de trabalhadores com rendimentos iguais ou menores do que um salário mínimo atingiu, no segundo trimestre de 2021, o maior patamar desde o início da série histórica, iniciada em 2012. Os dados apontaram que aproximadamente 30 milhões de trabalhadores (34,4% dos ocupados) recebem salários inferiores a R$ 1100,00.

Neste levantamento, fazemos uma análise regional dessa situação. Ou seja, calculamos a proporção de trabalhadores com rendimentos de até um salário mínimo para os estados brasileiros. Os dados, no gráfico abaixo, mostram substancial variação dentre as unidades da federação.

O gráfico indica que os estados do Nordeste lideram o ranking, com mais da metade dos trabalhadores ocupados com rendimentos de até um salário mínimo. Na Paraíba, Maranhão e Piauí, a proporção supera a marca de 60%. Na ponta oposta, os três estados da região Sul, além de São Paulo, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rio de Janeiro registram um percentual de trabalhadores com rendimentos de até um salário mínimo abaixo de 30%.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile